English

Notícias


Adaptação na Educação Infantil

- 15 de fevereiro de 2012

As crianças estão indo para a escola cada vez mais cedo. Se alguns pais precisam de um local de confiança para deixar os filhos enquanto trabalham, outros afirmam que quanto mais cedo a criança começar a conviver com coleguinhas e profissionais da educação infantil, melhor será para o futuro acadêmico dela. No entanto, ir para a escola é uma imensa mudança no cotidiano da criança e tanto os pais quanto os filhos precisam passar pela famosa adaptação.

A adaptação não começa no momento em que o pai entrega a criança para a professora, mas bem antes, durante a escolha da escola. É preciso que os pais procurem conhecer toda a equipe pedagógica que lidará com seu filho, assim como as dependências do estabelecimento de ensino escolhido.  Assim, a comunicação fica mais fácil e o processo de adaptação se torna menos estressante.

A adaptação é um desafio tanto para a criança quanto para os pais. Se é preciso demonstrar para a criança que o ambiente escolar foi criado para recebê-la a ampará-la, os pais também precisam estar seguros quanto a decisão de colocar o filho na escola e sobre a instituição escolhida. É primordial preparar a criança, explicando cuidadosamente que ela terá uma nova rotina e que passará parte do dia com os professores e os coleguinhas. O momento em que a criança passa a ir para a escola é muito delicado, pois sua rede de relações fica mais complexa.  Nesse momento, a função da escola é promover um ambiente que seja aconchegante para os novos alunos.

O processo de adaptação costuma durar de dois a dez dias, de acordo com as necessidades dos pais e das crianças. No primeiro dia, os pais ficam na escola durante todo o período da aula. Depois disso, o horário vai sendo graduado. A criança fica tranquila quando sabe que o pai ou a mãe está por perto, então eles devem se afastar paulatinamente, dando ao filho tempo para se adaptar à realidade de passar parte do dia na escola, com a professora e os colegas de classe. É importante que os pais não demonstrem insegurança ao deixar a criança na escola, pois os pequenos, apesar de não entenderem completamente o que está acontecendo, são extremamente sensíveis àquilo que o adulto demonstra

O choro não é necessariamente um problema e é até mesmo comum da parte da criança e até de alguns pais. Algumas crianças irão chorar, enquanto outras se mostrarão tranquilas com a transição. Um bom processo de adaptação tem sempre um final feliz, com os pais se sentindo seguros e deixar o filho da escola e a criança dando seus primeiros passos na autonomia e na independência.


Notícias por unidade

Últimas notícias

unidades
  • Unidade Verbo Divino

    Rua Verbo Divino, 993-A
    São Paulo - SP

    Tel.:(11) 3512-2222

  • Unidade Itaim

    Rua Itacema, 214
    São Paulo - SP

    Tel.:(11) 3078-6999

  • Unidade Aldeia da Serra

    Estrada Dr. Yojiro Takaoka, 3900
    Barueri - SP

    Tel.:(11) 4192-2430

  • Unidade Aruã

    Av. Pres. General Dutra, 777
    Mogi das Cruzes - SP

    Tel.:(11) 4795-1852